Oi pessoal! ^^/

Como estão? =D

Nesse capítulo, Bai Han Qi, finalmente, vai saber da relação de GH e BLY. Nervosos? Vou dar uma dica: O titulo vai tirar um peso do coração de vocês, mas, mesmo assim, preparem os lencinhos porque esse é um capítulo muito emotivo (mas muito bonito também). Ç_Ç

Agora vão ler. ^^ Um beijão pra todos!

Lena.
____________________________________________________



Cap. 185: Como é maravilhosa a bondade de um pai.


Gu Hai e Bai Luo Yin voltaram para o apartamento deles e, rapidamente, reuniram algumas necessidades antes de fazer o caminho para a casa de Bai Han Qi. No tempo que eles chegaram lá, o céu já estava completamente envolto com um véu escuro, com apenas algumas estrelas pontuando essa aparente escuridão de tinta.
Os dois chegaram apenas alguns minutos depois de Bai Han Qi e, enquanto eles se aproximavam da casa, eles tiveram a visão de um retrato de uma família feliz vivendo uma vida calma e pacífica. Tia Zou estava na cozinha, cozinhando o que podia ser facilmente suposto como sendo outra refeição deliciosa, e Bai Han Qi estava sentado à mesa de jantar conversando com ela. Enquanto isso, Meng Ting Tian brincava contente com seus brinquedos no pátio.
Sem dizer nada um para o outro, Gu Hai e Bai Luo Yin pararam seus passos al alcançar a porta. Em seu coração, Bai Luo Yin realmente sentia como se não estivesse voltando para casa para visitar os pais. O calor que vem com o saber que você verá pessoas que lhe são queridas no coração não estava lá. Em vez disso, o que residia ali dentro era uma emoção horrível que só podia ser comparada com a necessidade de silenciar alguém permanentemente para prevenir que divulguem seu segredo mais profundo e obscuro.
Ao lado dele, os olhos de Gu Hai permaneciam focados em Bai Luo Yin. Ele não tinha proferida uma única palavra desde a chegada deles. Em seu coração, Gu Hai sentia dor – talvez muito mais do que Bai Luo Yin. Seus olhos refletiam toda a tristeza e nervosismo que escurecia o rosto de seu amado. Uma pontada atacou o coração de Gu Hai, agarrando-o com suas garras.
Depois do que pareceu uma eternidade, ele finalmente falou.
“Que tal...?” Ele começou. A preocupação era muito evidente na voz dele.
“Eu já decidi,” Bai Luo Yin interrompeu rapidamente, sua voz fingindo confiança. Ele já sabia que Gu Hai ia pedir para ele reconsiderar essa decisão.
Depois de dizer isso, Bai Luo Yin começou a se mexer, mas bem quando ele estava prestes a dar um passo em direção a porta, Gu Hai o puxou para traz usando um pouco de força.
Bai Luo Yin olhou para Gu Hai com olhos calorosos e sinceros. “Não se preocupe. Eu já fiz minha promessa a você, não fiz? Eu não vou mudar de ideia sobre nós. Definitivamente não vou mudar.”
“Não é com isso que estou preocupado,” enquanto ele dizia isso, a mão de Gu Hai levantou e esfregou o cabelo macio de Bai Luo Yin. “Estou preocupado que ele vá ficar com raiva e bata em você. Se isso acontecer, observe o rosto e comportamento dele; se não parecerem bons, só faça o que ele quiser que você faça primeiro. Está me ouvindo?”
Bai Luo Yin não disse nada. Ele simplesmente deu outro olhar tranquilizador para Gu Hai e começou a andar em direção a porta mais uma vez. No entanto, Gu Hai o puxou de volta de novo.
“Por que você está perdendo tempo assim?” disse Bai Luo Yin que estava começando a ficar impaciente.
O rosto de Gu Hai estava pintado com ansiedade. Ele hesitou por um momento, mas ainda decidiu falar.
“Se seu pai realmente começar a bater em você, eu não acho que serei capaz de ficar para trás e assistir. Se eu tentar impedi-lo ou perder o controle e retaliar, você se importaria?”
“Sim, me importo!” Bai Luo Yin retorquiu imediatamente e deu um olhar mortal a Gu Hai. Ele, então, se virou e passou pela porta.
Gu Hai o seguiu de perto. Era bem óbvio pela aparência dele que ele estava muito mais nervoso que Bai Luo Yin.
“Filhos, vocês voltaram!” Nessa hora, Bai Han Qi estava em meio a molhar as plantas usando um regador que ele segurava firmemente nas mãos. Assim que ele viu Bai Luo Yin e Gu Hai entrando na casa, um sorriso amoroso e afetuoso se espalhou imediatamente pelo rosto dele. Gu Hai ficou sem palavras enquanto olhava para aquele sorriso iluminado. Seu olhar mudou para Bai Luo Yin, que estava usando uma expressão similar àquela de uma criança fazendo uma pergunta difícil ao pai.
Como esperado, essa confissão que Bai Luo Yin estava tentando fazer era mais falar do que fazer.
Enfrentando uma tarefa que podia, potencialmente, partir o coração de alguém transbordando de alegria em vê-lo, Bai Luo Yin não pode evitar de querer dar um tapa na própria cara. Especialmente porque o coração que ele estava prestes a partir pertence a seu muito amado pai.
Ao notar a aflição nos rostos de seus filhos, Bai Han Qi prontamente colocou o regador no chão e se aproximou deles.
“O que está acontecendo?” Ele perguntou.
Com muita dificuldade, Bai Luo Yin reuniu coragem o suficiente para abrir a boca, mas, exatamente enquanto fazia isso, a voz alta de Tia Zou veio da cozinha. “É hora de comer!”
Bai Han Qi passou por Gu Hai e Bai Luo Yin. Então, ele colocou as mãos firmemente nos ombros dos dois garotos e, de uma só vez, empurrou eles alegremente para a cozinha.
“Vamos comer primeiro. O que quer que você tenha a dizer terá que esperar até depois do jantar.”
O engraçado era que os dois tinham acabado de almoçar com Gu Wei Ting e agora eles tinham que comer com Bai Han Qi.
Sem melhor opção, Bai Luo Yin foi forçado a uma situação onde ele teve que engolir as palavras que queria dizer junto com a comida que estava prestes a ser servida. Enquanto ele comia o jantar e fingia que nada tinha acontecido, sua mente começou a vagar. Enquanto isso, Bai Han Qi ficava olhando para Gu Hai e Bai Luo Yin do outro lado da mesa. Ele estava tomando nota do estranho aspecto deles enquanto tentava adivinhar secretamente o que eles precisavam dele.
Depois de algum tempo, Bai Han Qi começou a falar. “Depois que tivermos comido e bebido o suficiente, nós três podemos ter uma boa conversa.”
Depois de comer, Tia Zou levou Meng Tong Tian para o quarto dela, deixando apenas Gu Hai, Bai Luo Yin e Bai Han Qi na sala de jantar. Ela estava sentindo um clima intenso entres os três e não queria ficar no caminho do que eles tinham a discutir.
Bai Han Qi falou primeiro. “Você pode falar agora. O que está acontecendo exatamente?” O olhar dele pousou sobre Bai Luo Yin.
Bai Luo Yin não se atrevia a olhar diretamente nos olhos de Bai Han Qi. Ele encarou a mesa de jantar intensamente enquanto procurar pelas palavras que precisava. Gu Hai colocou o braço (que estava descansando atrás do sofá) em volta dos ombros de Bai Luo Yin. No momento em que ele sentiu Gu Hai tocar nele, Bai Luo Yin estremeceu.
Bai Han Qi começou a rir. Ele estendeu a mão para tocar na cabeça de Bai Luo Yin, ridicularizando-o. “Por que você ainda está paralisado na minha frente? Você não é normalmente capaz? Você se meteu em algum tipo de problema? Se for o caso, você não precisa se preocupar. O pai vai lhe dar uma mesada! Só me diga, de quanto você precisa?”
Finalmente encontrando a coragem para falar, Bai Luo Yin respondeu, “É mais sério do que isso. Você tem que preparar seu coração para isso.”
Com essas palavras, o aspecto de Bai Han Qi mudou imediatamente. “Você não engravidou a filha de alguém, não é?” Ele perguntou com olhos arregalados.
“É mais sério que isso.” Os olhos de Bai Luo Yin continuaram fixos no mesmo ponto da mesa.
A esse ponto, uma poça de suor frio começou a se formar na testa de Bai Han Qi. “Você engravidou a filha de alguém... e matou alguém?” [Lena: huehueheu Amo BHQ! ´><`]
Bai Luo Yin, “........”
Gu Hai se mantinha em silêncio o tempo inteiro. Ele fingia ser surdo e mudo para dar ao pai e ao filho uma oportunidade de realmente se resolverem. No entanto, quando ele ouviu as coisas que Bai Han Qi disse, ele desejou que simplesmente tivesse dito tudo a ele no momento que eles entraram. De repente, Gu Hai não sabia se ele queria rir ou chorar.
Respirando fundo e juntando toda a coragem que ele podia reunir na ponta de sua língua, Bai Luo Yin rangeu os dentes e mentalmente bateu o pé. “Pai, eu só vou lhe dizer diretamente. Eu gosto de um cara.”
A essas palavras, os músculos no rosto de Bai Han Qi se contraíram de repente. Ele fez uma inspiração muito profunda e olhou para os dois filhos com uma expressão estava em algum lugar entre raiva, confusão e diversão. E apesar de que ninguém poderia considerar a expressão do rosto de Bai Han Qi como sendo de um homem satisfeito, também não havia um pingo de choque nela.
De repente, um silêncio – um que era espesso, sombrio e exaustivo – preenchei o cômodo. Ninguém se atrevia a dizer qualquer coisa. Bai Han Qi esfregou a testa e coçou as sobrancelhas. Ele soltou alguns suspiros. E então, silêncio de novo.
Gu Hai olhou de relance para Bai Luo Yin, cujos olhos cansados pareciam tremer. Estava bem óbvio que ele estava fazendo seu melhor para segurar suas emoções. Gu Hai, então, olhou para o homem mais velho. Com dificuldade, ele reuniu coragem suficiente para quebrar esse silêncio ensurdecedor. Ele soltou um suspiro e falou.
“O cara de quem ele está falando sou eu.”
........
Silêncio de novo.
Bai Luo Yin e Gu Hai estavam como dois criminosos, tremendo de medo e ansiedade enquanto esperavam pela sentença do juiz.
Depois de algum tempo, Bai Han Qi levantou a cabeça e olhou para Gu Hai e Bai Luo Yin com olhos cheios de sinceridade. Ele finalmente falou.
“Yin Zi, venha comigo,” ele disse seriamente antes de levantar.
Gu Hai levantou primeiro, “Tio.....”
“Isso não tem nada a ver com você.” Os olhos abatidos de Bai Han Qi passaram por Gu Hai. “Tudo bem se você apenas esperar aqui. Nós, pai e filho, precisamos ter uma boa conversa.”
Essa era a primeira vez que Gu Hai recebia um olhar tão frio e imparcial de Bai Han Qi. Os olhos dele alargaram ligeiramente enquanto seu coração começou a afundar. Imediatamente, ele se viu espiralando para um deprimente abismo de escuridão.
Gu Hai apertou o ombro de Bai Luo Yin com uma quantidade insana de força – uma que ele nunca tinha usado para tocar Bai Luo Yin. Recusando-se a deixar seu amado ir, ele encarou Bai Han Qi e disse bem alto, “Tio, se você está com raiva, por favor, apenas direcione sua raiva para mim. Foi eu quem seduziu o Yin Zi primeiro. Fui eu que importunei ele. Certamente, você sabe que seu filho nunca foi assim?”
Bai Han Qi respondeu com um tom calmo e controlado, “Não estou com raiva. Eu só quero ter uma boa conversa com ele.”
Gu Hai ainda se recusava a soltar Bai Luo Yin. Ele se agarrou nada como se sua vida dependesse disso. Foi só quando Bai Luo Yin empurrou Gu Hai para o lado com grande força que o outro finalmente soltou seu aperto.
“Eu sei o que preciso fazer. É suficiente se você esperar aqui.”
Mesmo depois de ouvir essas palavras, Gu Hai ainda queria estender a mão e segurá-lo, mas Bai Luo Yin já tinha seguido Bai Han Qi para dentro de seu antigo quarto. Gu Hai queria ir atrás, mas a porta foi fechada bem na frente da cara dele. Sem mais opções, ele se moveu para frente e pressionou a cabeça firmemente na porta, escutando com todas as forças.
Uma linha invisível se enrolou com firmeza no coração pulsante de Gu Hai. Ela se enrolou tão apertado que ele podia sentir vividamente a dor apunhalando por todo o seu ser.
Tio, você não deve – de forma alguma – bater nele! Mesmo que você queira ralhar com ele, você não pode ser muito duro. Ele ainda é da sua carne e sangue; seu filho!
Dentro do quarto, Bai Luo Yin e Bai Han Qi olhavam um para o outro. A figura de Bai Luo Yin lembrava aquela de uma criança que estava prestes a ser repreendida pelo pai por fazer algo errado.
Bai Han Qi não conseguia lembrar da última vez que ele vira Bai Luo Yin com aquele tipo de expressão deprimida. A imagem dele de Bai Luo Yin sempre foi aquela de um homem com o tórax reto, mostrando uma expressão calma e composta. Era muito raro para ele ver seu filho em um estado tão perturbado.
Bai Han Qi falou primeiro. “Tudo bem. Não tem necessidade de você aguentar isso por mais tempo. Na verdade, o pai já tinha percebido isso antes.”
A cabeça de Bai Luo Yin levantou rápido no momento que ele ouviu aquelas palavras. A expressão dele mudou instantaneamente de sombria para surpresa. “Você já sabia?”
“No começo, eu só tinha suspeita. Nada mais. Eu só pensei que vocês dois... o relacionamento de vocês não era comum. Eu sempre achei que vocês dois eram especialmente amigáveis um com o outro... no fundo da minha mente, eu sempre esperava que o relacionamento de vocês não fosse como o que eu tinha imaginado que fosse. No entanto, no fim, você ainda confessou para mim. Isso é bom. Desse jeito eu posso afastar minhas apreensões e ter paz de espírito.” Depois de dizer isso, Bai Han Qi foi capaz de forçar um sorriso. [Lena: Sem palavras... Ç_Ç]
O sorriso de Bai Han Qi era resplandecente e sincero. Porém, aos olhos de Bai Luo Yin, ele estava encharcado com agonia. Tanto que até ele podia sentir a dor de seu pai.
“Pai, você deve estar muito decepcionado comigo, não está?”
“Não, isso não é verdade!” Bai Han Qi respondeu rapidamente com uma voz severa. “Em meu coração, você sempre será o melhor. Nunca vai existir um segundo como você.”
Do outro lado da porta, Gu Hai estava fazendo seu melhor para ouvir o que estava acontecendo do lado de dentro. O fato de que tudo o que ele podia ouvir eram sons vagos de palavras sendo trocadas, e não de alguma disputa barulhenta, de alguma forma, ajudou ele a se acalmar. Apesar de que, em seu coração, ele esperava com todas as suas forças que Bai Han Qin não tivesse coberto a boca de seu Bai Luo Yin e começado a bater nele. [Lena: Gu Hai sempre exagerado até em imaginação. ( ´͈ `͈ ) ]
Esse pensamento lançou medo para dentro da própria alma de Gu Hai – fazendo seu corpo inteiro começar a suar frio.
“Yin Zi, o pai quer lhe perguntar,” Bai Han Qi começou. “Você está com Gu Hai porque lhe falta amor paternal?” [Lena: Uuuhh~ (つ﹏<)・゚。 ]
Enquanto essas palavras pisavam em seu cérebro, Bai Luo Yin ficou sem palavras. Ele ficou momentaneamente perdido em seus próprios pensamentos.
Gu Hai não parece tão velho assim, parece? [Lena: putz (灬º 艸º灬)]
Vendo aquele olhar perplexo se formando no rosto de Bai Luo Yin, Bai Han Qi soube imediatamente que seu filho havia entendido mal. Ele olhou para ele e perguntou desajeitadamente, “O pai só quer saber... o que, exatamente, você pensou...? Sobre eu me casar desse jeito. Isso foi um ataque tão grande para você?”
O jeito que as coisas tinham se desdobrado realmente colocaram Bai Luo Yin contra a parede. Ele sentia como se não tivesse mais nada para esconder. Finalmente, as coisas chegaram ao ponto onde ele podia dizer a seu pai todas as palavras que ele tinha mantido escondidas há tempos no fundo de seu coração.
“Honestamente, seu casamento deixou uma lacuna enorme em meu coração. Mas... Gu Hai apareceu e preencheu essa lacuna,” Bai Luo Yin disse. Os olhos dele começaram a encher d’água. “Pai, ele é muito, muito bom pra mim. Ele nunca me deixou fazer nenhum trabalho antes. Se você provar a comida que ele faz, você definitivamente vai conseguir ver o grande amor e carinho que ele tem por mim. Nesse mundo, além de você, não tem mais ninguém que seja tão bom pra mim como ele é.”
“O pai sabe. O pai consegue ver tudo isso.” Bai Han Qi assentiu repetidamente com a cabeça. Ele andou para frente e pegou as bochechas de Bai Luo Yin nas palmas das mãos dele. Então ele perguntou, “Se eu me divorciar por você e cuidar bem de você a partir de hoje... vocês dois podem voltar a ter uma amizade normal de novo?” [Lena: 。゚・><)・゚。]
Aquelas palavras atingiram forte Bai Luo Yin. Ele se sentia como um desgraçado; o pior filho que qualquer pai poderia ter. Era como se cada centímetro dele fosse inútil e imoral. Ele nunca havia tido tanta dificuldade em levantar sua cabeça na frente de Bai Han Qi antes.
Ele levantou um pouco a cabeça e viu a indisposição de abandonar a esperança pintada fortemente nos olhos de Bai Han Qi. Ele, de repente, explodiu em lágrimas antes de seus joelhos cederem e ele cair no chão com um alto baque surdo.
“Pai!” Ele gritou ‘pai’ em uma voz alta e rouca.
Naquele momento demorado e memorável, Bai Han Qi entendeu tudo. Olhando para seu amado filho com lágrimas cascateando pelo rosto, ele aceitou completamente essa realidade.
“Pai, eu realmente não pode deixar ele. Eu não posso ser separado dele. Por favor, não fique com raiva de mim, okay?” Bai Luo Yin gritou dolorosamente entre soluços enquanto abraçava as pernas de Bai Han Qi. A cabeça dele estava espiralando e ele sentia como se fosse vomitar. Era como se o sangue dele tivesse virado lama e seu coração estivesse lutando para manter uma batida firme. [Lena: 。・゚・(#Д`#)・゚・]
Os olhos de Bai Han Qi já tinham ficado vermelhos. Ele se agachou, ajudou Bai Luo Yin a levantar e suavemente deu batidinhas na parte detrás da cabeça dele enquanto dizia calmamente, “Filho, não chore. O pai não culpa você. Você sacrificou tanto por mim, então é apenas normal que eu deveria entender você. Nessa vida, não tem mais nada que eu possa pedir, exceto que você fique bem. Se você realmente me ama, você tem que ser um pouco melhor consigo mesmo...”
Esse tempo todo, Gu Hai permaneceu colado à porta. Quando ele ouviu Bai Luo Yin gritar vagamente algum momento atrás, o laço em volta do coração dele se apertou mais. Não mais capaz de controlar suas emoções, ele exerceu toda a força em seu corpo para bater na porta várias vezes.
Sem resposta.
Ele ouviu fracamente o som de Bai Luo Yin chorando e seu coração quase partiu. A sensação era como se ele [coração] estivesse sendo apertado em um torno gelado; ele doía como se fosse implodir dentro do peito dele a qualquer segundo. Os soluços vinham reverberando para seus tímpanos mais uma vez. Enquanto a ansiedade consumia todo seu ser, ele chutou a porta imediatamente.
Quando a porta finalmente cedeu, Gu Hai finalmente conseguiu ver o que estava acontecendo dentro do quarto – que era Bai Han Qi dando um abraço em seu querido filho, lágrimas escorrendo pelo rosto dele.
Gu Hai, então, viu as lágrimas de Bai Luo Yin. Seu peito quase se partiu. Como um fogo insaciável que, finalmente, tinha queimado todo o oxigênio de seu corpo, a cena o deixou inquieto e quase vazio. Tudo o que podia fazer era ficar parado enquanto um humor melancólico tomou conta de toda sua consciência como uma nuvem negra, chovendo tristeza e ansiedade nele. Aquelas lágrimas – as lágrimas que ele nunca queria ver essa vida inteira – elas estavam esmagando sua própria alma.
Bai Han Qi levantou a cabeça e viu Gu Hai parado na porta. Ele afastou Bai Luo Yin suavemente de seu corpo e andou na direção de Gu Hai.
“Tio...” Essa foi a única palavra que Gu Hai conseguiu murmurar quando ele viu Bai Han Qi se aproximando dele lentamente.
Quando ele finalmente alcançou o local onde Gu Hai estava, Bai Han Qi permitiu que seus olhos se encontrassem. Com um olhar sincero, ele deu tapinhas no ombro d Gu Hai e saiu do quarto sem dizer outra palavra.
Gu Hai rapidamente correu para o lado de Bai Luo Yin e perguntou, preocupado, “Ele bateu em você? Onde ele bateu você? Foi com força? Doeu?”
Bai Luo Yin engasgou entre soluços enquanto forçava uma resposta para fora, “Eu queria que ele tivesse me batido.”
Gu Hai não sabia como se sentir sobre aquelas palavras enquanto ele puxava Bai Luo Yin para seus braços. Ele pode claramente senti-lo tremendo. Ele apertou o abraço, então perguntou suavemente, “Por que está chorando se ele não bateu em você?” [Lena: Gu Hai, querido, a dor física nem sempre é a pior dor que você pode sentir...]
“Porque eu quero.” Depois de dizer isso, mais lágrimas fluíram dos olhos de Bai Luo Yin – como água de uma barragem, elas transbordaram, encharcando as bochechas dele. Os músculos no queixo dele continuaram tremendo mesmo quando ele tentava força-los a parar.
Gu Hai gentilmente enxugou as lágrimas de Bai Luo Yin. Ele, então, disse suavemente, “Não chore. Está tudo bem agora, você tem a mim.”
*****
Lena: E aí depois você fica assim (porque dá um alívio, mas ainda dói XD hehe):
(E... sim, 40% dos meus gifs são de Supernatural, 40% são de Teen Wolf e os outros 20% são de outras séries e animes. XD)

40 Comentários

  1. 😭😭😭😭😭
    😁😁😁😁😁
    Ai adoro esses dois . A gente rir, chorar, rir de novo e chorar de novo.
    Q aí compreensivo esse hein 😍

    ResponderExcluir
  2. Cade a caixa de lenços daqui de casa que naum acho ㅠ.ㅠ, manow eu normalmente naum choro (prova disso é que naum chorei no enterro do meu bisavô, naum sei se foi por naum querer chorar ou se foi por ver minha avô, mãe e familiares se acabando em lágrimas e querer me manter firme por eles..... Sei la) mas esse capítulo pow... Corasaum fica apertado igual o de Gu Hai.

    ResponderExcluir
  3. Lenaa, parabéns atrasados kkkk, os melhores gifs são de spn de longe, e esses capítulos deles confessando td pros pais me deu um aperto no coração, o do Gu Hai foi melhor do q o do BLY pq eu já espereva q ele fosse um traste e depois melhorasse,mas BHQ me deu uma sensação tão boa, pq msm ele desconfiando ele viu oq era bom pro filho dele e ñ teve problemas com desde q BLY estivesse feliz, foi lindo

    ResponderExcluir
  4. Realmente Ç_Ç nem a dor de mil tiros chega aos pés disso. Mesmo que não intencionalmente,o tio fez o Yin Zi se sentir culpado até por ter nascido 😭😭😭 Espero que nada de pior venha a acontecer.
    E eu sinto que a cada cap o fim está mais próximo, quero que Addicted dure até eu morrer😭😭😭😭 eu amo demais pra aceitar que um dia haverá fim.
    ♡Espero que toda essa bad passe♡

    ResponderExcluir
  5. Que emoção!!! Amando esse pai chinês evoluído. Obrigado Lena, vivo para te exaltar!

    ResponderExcluir
  6. Ai que dor, nada doeu mais do que ver o Pai Bai se sentir culpado por pensar em não ter sido um bom pai ;---; Ver esse novo Louyin mais aberto aos sentimentos está me deixando feliz, e triste pq sei que ainda vem treta por aí

    ResponderExcluir
  7. Ai meu core esse capítulo foi lindo.. Eu to chorando aqui... Isso me doeu muito... Coisa que nao sentia ha um bom tempo... Com certeza BHQ tbm esta muito doido com isso ele se sente culpado pelas escolhas do filho e o BLY se sente mal por decepcionar o pai...
    Gente tiro ta de parabens a altora pq esse foi um tiro direto no kokoro.
    Obg leba bjs bjs.
    Saudades
    AI TO ESPERANDO O "OI"
    COM QUE EU VOL CHORAR...

    ResponderExcluir
  8. Acho que BLY não chorou por causa da reação do pai, mas do pai ter se sentido de alguma forma culpado por isso. Como se ele fosse ausente ao procurar sua própria felicidade com a Tia Zhou, sendo que ele sempre foi muito amoroso com o BLY. Acho que um dos motivos da choradeira do BLY foi esse, sem falar que contar isso pros pais é triste em qualquer hipótese, a vontade que dá é chorar mesmo rios... experiência própria e ainda bem que tive uma mãe "Bai Han Qi" na minha vida.

    ResponderExcluir
  9. BHQ q pai lena à verdadeira aceitação é assim no começo nós achamos q fizemos algum errado e vamos aceitado aos poucos pq é difícil no começo minha família passou pôr isso à 2 anos mais graças a Deus estamos Unidos pq no começo temos medo das maldades os preconceitos da intolerância eu tenho muito orgulho do meu sobrinho eu sou uma Leoa por ele é foi ele q me fez ler essas traduções então muito obrigada bjos agora sou viciada kkkkkk

    ResponderExcluir
  10. 😫😫😫😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭😭 é muito ruim vc ficar feliz e triste ao mesmo tempo!!!pensei que meu coração fosse sair pela boca nesse capítulo.

    ResponderExcluir
  11. Meu Deus eu tenho quase certeza q derramei a mesma quantidade de lágrimas que Bai Lou Yin derramou nesse capítulo! Morriii! Essas palavras de Yin Zi falando sobre como Hai Zi é bom pra ele!! Oowwnn meu kokoro não aguenta <3 Só addicted pra me fazer sentir tantas emoções num só capítulo! Amo addicted e vc Lena <3 obrigada por essa tradução maravilhosa <3

    ResponderExcluir
  12. Cry baby aqui deixe eu ir num canto chorar, e tao tocante bonito e doloroso ao mesmo tempo ���� Vlw Lena

    ResponderExcluir
  13. No chão estou😭😭😭😭 que lindo finalmente o cupido😁 sabe do relacionamento deles Bai Han Qi melhor pai ever acho que não​ vou sobreviver quando Addicted acabar já estou tão viciado que penso em 😵hailuoyin até em sonhos quando acabar espero que tenha um final muito feliz porque se for triste não vou aguentar😫. obrigado Lena☺

    ResponderExcluir
  14. Eu acho que a forma com que o pai Bai levou a situação é muito natural pq quando um filho faz uma escolha que a gente sabe que vai ser difícil em muitos momentos de sua vida, a gente pensa foi algo que eu fiz? ou foi algo que eu deixei de fazer? Eu como mãe de uma homossexual, me fiz essas perguntas também, mas quando eu vi que a escolha dela foi feita consciente e de livre e espontânea vontade eu aceitei e a apoio em tudo. Eu acho que todo o choro do BYL é por achar que decepcionou o seu pai.Obrigado mais uma vez por este capitulo maravilhoso e muito sensível.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que vc pensa assim Nilza <3 deve ser uma mãezona hehe😄

      Excluir
  15. Lena que lindo que pena essa sena agente noca vamos ver quando eu to lendo eu penso quantas senas maravilhosas agente perdeu de ver meu coração doi só de pensa 😘😘😘😘

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chorei de felicidade lendo esse capitulo, vendo a evolução da relação deles e a certa tranquilidade que o pai do Lou Yin o aceitou, aí imaginei como seria essa cena na série e lembrei que não tem mais a série e estou até agora chorando...

      Excluir
  16. Lena aonde eu acho o capítulo 184 obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem o 183 duas vezes, o segundo 183 é o 184

      Excluir
    2. Obrigado! eu me encontrei aqui jali os dois o 184 e o 185,e me emocionei demais com os dois capítulos

      Excluir
    3. Hahahah Desculpa a confusão! Já corrigi. ^^/

      Excluir
  17. O que dizer desse capítulo... Um momento crucial na vida dos dois, especialmente BLY... Emoção pura, uma vontade de rir e chorar, mais de chorar. Impossível ser impassível diante de tanto amor e compreensão por parte de BHQ. Eu já esperava isso dele, mas não estava totalmente segura, pois na vida somos cercados de surpresa por todos os lados.
    Os gifs, reparei nos de SUPERNATURAL, sou uma apaixonada pela série e amo as demais. Obrigada, Lena!😢😉

    ResponderExcluir
  18. Lena obrigada por mais esse cap.💜 To emocionada... Q pai mais legal!!! O general Gu podia aprender c ele.
    A gente sabe q não é fácil fazer esse tipo de confissão para pais conservadores, mas, ainda bem q deu tudo certo. Se alguns pais fossem menos intranzigentes e mais compreensivos... A vida de algumas pessoas poderia ter sido ou ser diferente😥😥
    Ansiosa pelo próximo cap 😘😘

    ResponderExcluir
  19. Como faço para conter as lágrimas pq não consigo para de chorar 😥😥😯😯😯😯😭😭😭😢😢😢😢

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kelita, isso são os seus hormônios, por causa da gravidez!! rsrsrs brincadeia amiga, tbm me emocionei!!!

      Excluir
  20. Que capitulo lindo! Estou bastante emocionada!

    ResponderExcluir
  21. se eu chorei feito um louco ? imagina !!
    mano do céu é impossível não se emocionar com esse capítulo chorei do começo ao fim !!
    obrigado Lena por mais esse capítulo

    ResponderExcluir
  22. puts quando eu ia chorar meu irmao me chamou kkjjkjkkkkk o Bai Han Qi ja desconfiava berro

    ResponderExcluir
  23. Eu estava muito ansiosa, o título realmente ajudou um pouco, mas fiquei ansiosa o capítulo inteiro, um aperto no coração... Felizmente, BHQ é um amor, eu sabia que ele aceitaria, só não sabia que ele desconfiava...

    ResponderExcluir
  24. uh, eu nem sei o que falar desse capítulo. eu li sentindo a angústia dos dois, tava super nervosa e já tava chorando desde o início; quando o luo yin começou a chorar, ai que eu desabei mesmo, senti meu coração super apertado, entendo a sensação dele de ter ""decepcionado"" o pai, foi uma confusão de sentimentos pra mim essa cena. quanto a reação do pai do bai, eu já esperava que ele ficaria calmo mas nem imaginava o que ele falaria, mas fiquei feliz em ver que ele não julgou nem brigou com o bai,enfim, muito emocionante.

    ResponderExcluir
  25. 😢😢😢😢😢😢😢lena que Capítulo mais lindo esses dois eu não sei não

    ResponderExcluir
  26. O que dizer sobre Bai Han Qi que vem sendo a melhor pessoa desde o início da novel?!!! Sério, estava bem ansiosa por esse momento e li o cap todo com o coração apertado. Não deu para não chorar junto com o Yin Zi, ficar aliviada com a reação do titio Bai sobre a relação dos garotos e sorrir da superproteção do Gu Hai. Só essa novel para mexer tanto com os meus sentimentos...
    Obrigada por mais essa tradução 💜

    ResponderExcluir
  27. Eu estou todo arrepiado com esse capitulo. Alem de mostrar o quão bom pai BHQ é(não que já não tivesse sido mostrado), foi muito bom ver que o relacionamento deles já esta em um outro nível, algo mais profundo. Esperando a reação da mãe do BLY quando descobrir isso, junto com a do general vai ser um inferno. Felizmente BHQ nunca decepciona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa senhora! Agr q vc falou sobre a mãe de BLY eu gelei aqui 😱😱 aí meu coração para os próximos capítulos😫😨

      Excluir
  28. Lena quando vc vai postar o capítulo 186 não estou aguentando de ansiedade ?????

    ResponderExcluir
  29. Em 2 em 2 horas passo aqui pra vê se tem capítulo novo é um vício mesmo😵😵

    ResponderExcluir
  30. Lena meu amor quando você vai postar o próximo Capítulo já não aguento mais de ansiedade pensei que seria domingo Tô esperando a segunda tá acabando e nada de ter um capítulo para mim ler tenho que tomar minha dose de remédio senão vou ter um ataque do coração obrigadinho

    ResponderExcluir
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  32. Gente vamos enviar os e-mails pela petição pela 2 temporada http://www.ipetitions.com/petition/a-season-2-for-chai-ji-dans-novel-addicted

    ResponderExcluir
  33. Ai que capítulo maravilhoso, chorei horrores.

    ResponderExcluir