Oi pessoal!

Me desculpem pela demora com minhas traduções - como já disse antes, sou facilmente distraível (vish. Acho que acabei de inventar uma palavra XD) haha  - mas hoje temos atualização de Like Love. Yay! \o/ Muito obrigada, Zöish! ^^/

É isso por hoje. Vão ler. =)

Beijão!       
Lena.
___________________________________________


Capítulo 21: Ele Realmente Lembrou

Tradução/Inglês: Adrian Julian
Tradução: Geovanna Zöish
Revisão: Lena

Embora Mai Ding tivesse sinceramente pedido a An Su que os deixassem em paz, ele sabia que não ia ser tão fácil. A própria An Su não iria deixá-los apenas porque Mai Ding estava tão certo de seu amor por An Ziyan. An Su estava igualmente determinada.
Ao longo do tempo, ela tinha tentado separá-los, mas nunca foi bem sucedida. Mai Ding também a aceitou como parte integrante de sua vida com An Ziyan. Ele acreditava que, com o tempo, An Su iria aceitá-los e reconheceria o fato de que seu irmão estava em um relacionamento gay.
O período escolar, nesta época do ano, já estava prestes a terminar. Logo seria férias de inverno e, para Mai Ding, o tempo realmente voou. Todos estavam de bom humor. Li Ming estava cantarolando uma música para si mesmo enquanto arrastava suas malas para fora da sala. Mai Ding também estava arrumando o quarto, preparando-se para sair.
“Você quer se encontrar hoje à noite?” Li Ming perguntou.
“Você deve estar brincando. É o meu último dia na escola e quer que eu passe a noite com você?” Mai Ding retrucou.
Li Ming deu de ombros. “Parece que nossa amizade só vale quando você está em apuros.”
“Ainda bem que você sabe.” Mai Ding continuou.
“Quanto mais você fica com An Ziyan, mais cruel você se torna.”
Agora que Li Ming o havia mencionado, Mai Ding se perguntou se An Ziyan já tinha terminado a última aula. Imediatamente ele correu para o quarto ao lado para verificar se o garoto estava por perto. An Ziyan não estava em seu quarto. Do parapeito, ele olhou para baixo e viu An Ziyan entre a multidão e, mesmo que eles estivessem juntos por algum tempo, seu rosto fez Mai Ding sorrir.
“An Ziyan!” Mai Ding gritou do quinto andar.
‘Idiota.’ An Ziyan pensou consigo mesmo enquanto olhava para cima.
Ia ser o início das férias e Mai Ding estava se sentindo um pouco chateado porque ia ter que esperar um mês antes de poder ver An Ziyan. Ele estava acostumado com a vida com An Ziyan, todas as piadas sarcásticas, ser ignorado, seus raros momentos de gentileza e romantismo… era o suficiente para Mai Ding.
Com as férias, seria mais difícil para os dois se verem. Em sua mente, Mai Ding não desistiria de qualquer oportunidade de estar com An Ziyan e, sem terminar de pensar, ele desceu as escadas para cumprimentar An Ziyan antes que An Ziyan chegasse até o quinto andar.
Vendo An Ziyan finalmente, ele disse: “Temos de valorizar nosso último dia juntos.”
“Por quê? Você vai morrer amanhã?”
“Com licença! Como você pode dizer coisas tão inauspiciosas quando o ano está prestes a terminar? Amanhã não é o começo das férias? Pare de fingir. Eu sei que você sentirá minha falta.” Mai Ding insistiu.
“Você não precisa se preocupar com isso.”
Mai Ding não queria continuar. Ele sentiu que hoje era sua vez de ‘torturar’ An Ziyan um pouco. Afinal, ele estivera à mercê de An Ziyan durante todo esse tempo. Ele sabia que An Ziyan odiava fazer compras. E assim, com um olhar inocente em seu rosto, Mai Ding perguntou: “Acompanha-me a fazer compras hoje? Há algumas coisas que eu quero comprar…”
Sem esperar que Mai Ding terminasse o que ele queria dizer, An Ziyan já estava começando a se afastar. “Só um pouco?” Mai Ding tentou persuadi-lo.
“Não é possível.”
“Você pode agir como um namorado normal? Apenas fique comigo por um dia. Trate como se você estivesse me dando um envelope vermelho[1] de Ano Novo.”
Algumas semanas atrás, ele tratou An Ziyan como Papai Noel. Agora ele queria que ele fosse o Deus da Fortuna.
Não dando a ele chance de responder, Mai Ding arrastou An Ziyan junto.
Eles entraram em uma loja de óculos de sol e ele escolheu um para experimentar. “Eu pareço bem com óculos de sol?” Mai Ding perguntou a An Ziyan.
“Não posso comentar.” Mas depois de ver Mai Ding segurando o par de óculos de sol, An Ziyan continuou. “Mas se você acha que usando essas máscaras, você é capaz de parecer tão descolado quanto aqueles caras nos filmes, você pode esquecer.”
“Por quê?” Perguntou Mai Ding.
“As pessoas só achar que você está protegendo os olhos do sol.” An Ziyan disse francamente.
Foi uma resposta cruel, mas no final, Mai Ding decidiu não comprar o par de óculos. No final, os dois meninos acabaram vagando pelas ruas.
Mai Ding viu uma barraca vendendo panquecas salgadas chinesas e disse a An Ziyan que queria comer aquilo. An Ziyan se aproximou da barraca e o proprietário perguntou: “Quantas você gostaria?”
“Uma e sem salsinha.”
“OK, por favor espere.” O proprietário da barraca respondeu.
Mai Ding olhou para An Ziyan em pura admiração. “Como sabe que eu não como salsinha?”
An Ziyan não respondeu. Ele só queria que tudo isso acabasse o mais rápido possível.
Depois que Mai Ding terminou de comer a panqueca, ambos já estavam cansados. Eles decidiram fazer uma pausa para tomar café em uma das cafeterias. O clima também estava ficando frio. O nariz de Mai Ding já estava vermelho pela exposição à poluição. Ambos decidiram pedir uma xícara de café. Quando o pedido chegou, An Ziyan colocou açúcar em uma xícara de café e passou a xícara sem açúcar para Mai Ding.
“Como é que você também sabe que eu tomo meu café sem açúcar? Você tem me investigado?” Mai Ding brincou.
“Você realmente se acha importante, não é?”
“Então como você sabe todas essas coisas sobre mim? Rápido, me diga.” Mai Ding insistiu.
“Por que eu deveria dizer?”
“Se você não me contar, eu… vou começar a cantar.” Mai Ding tentou ameaçar An Ziyan.
“Você sabe que o único que você vai envergonhar é você mesmo.” An Ziyan respondeu calmamente enquanto tomava café.
"Você me conquistou com esta informação e ainda assim você não está disposto a me dizer. Diga-me, por favor. Caso contrário, eu não me sentirei bem para o Ano Novo. Por que você não trata isso como se estivesse me dando um envelope vermelho?”
“Quantos envelopes vermelhos você quer de mim?”
“Ninguém vai se queixar de ter recebido muitos.”
“Por que você não pára pra pensar? Como vou saber esses detalhes sobre você?” An Ziyan aconselhou.
Mai Ding sentiu que o que An Ziyan disse parecia um pouco suspeito. Lentamente ele tentou pensar e então foi transportado para o momento em que ele conheceu An Ziyan e o momento em que ambos estavam no campo militar.
Oi! Sou Mai Ding, homem, solteiro, dezoito anos de idade este ano. Tenho 1,78m de altura. Meu signo é Peixes. Meus pais ainda estão vivos. Eu não gosto de comer salsinha e não gosto de colocar açúcar no meu café. Eu não gosto de comida amarga. Não gosto de coisas pontilhadas já que elas me deixam muito desconfortável. Eu tenho um caráter saudável. Eu sou muito alegre por dentro. Meu maior sonho é virar um milionário da noite pro dia e para tanto eu compro bilhetes de loteria todos os dias. [2]
Se não fosse por hoje, Mai Ding teria se esquecido desse incidente. E pensar que An Ziyan se lembrava de tudo o que ele disse. Ele realmente lembrou. E pensar que ele parecia super puto naquela época.
“Naquela época eu me apresentei. Você não se apresentou. Rápido, você me deve uma apresentação.”
“Você está louco?”
“Está bem. Vou fazer a sua introdução: Você é An Ziyan. Homem, Solteiro. Este ano 22 anos de idade. Você tem 1.82m. Você vem de uma família rica. Você tem uma irmã assustadora. Você não gosta de sorrir, mas gosta de ridicularizar os outros. Você odeia fazer compras. Você não gosta de comer pão ou bolos. Nenhuma palavra melosa sai de você. O que quer que seja, as coisas que você odeia são muitas. Você tem uma personalidade extremamente ruim. Você gosta de ouvir música, gosta de vinho e jantar e a coisa que você mais ama é Mai Ding!”
“Você realmente não tem vergonha.”
“É assim que trata seu namorado?”
“De qualquer maneira, eu tenho uma personalidade extremamente ruim.”
__________________________________

NOTAS DE TRADUÇÃO:
[1] Um envelope vermelho é uma tradição chinesa onde pessoas mais velhas dão aos mais jovens dinheiro (em um envelope vermelho) no Ano Novo ou em outros festivais importantes.
[2] No capítulo três, quando Mai Ding se apresenta, na tradução em inglês, ele diz que vai fazer 17 anos e é de Peixes, mas neste capítulo, quando ele se recorda do que disse, foi traduzido como se ele fosse fazer 18 anos e o signo fosse Gêmeos. Tendo como referência o livro original vi que na verdade ele vai fazer 18 anos e é de Peixes.

6 Comentários

  1. kkkkkkkkk esse final foi ótimoo !!
    arrasouu !!

    ResponderExcluir
  2. Já estava com saudades 😍😍. Vlw Meninas 😘

    ResponderExcluir
  3. An zian tem muito saco esse May ding é muito chato,mas mesmo assim ele conquista Obrigado!

    ResponderExcluir
  4. Obrigada pela tradução, Lena!! <3
    May ding é um pouco chato, mas acho q somente uma pessoa com a personalidade contrária de An Zian pode ter a chance de ter seu coração. Tipo, opostos se atraem hahah

    ResponderExcluir