E continuando!

Estou generosa hoje, não? hehehe (brincadeira XD) Depois desse capítulo tenho uma surpresinha para os fãs de LoveSick. ^^

Ah! Outra coisa: As imagens postadas nesse capítulo são fanarts incríveis de uma menina que... não consigo lembrar o nome (obviamente esqueci de anotar de novo >_<) e não consigo encontrar a página dela de novo. T.T Se alguém souber, me diga, por favor, para eu dar os devidos créditos. ç_ç

Vão ler. =)

Lena.
______________________________________________


Capítulo 16: Não somos só nós.

Tradução: Equipe Kokoro Lovers
Revisão: Lena.
------------------------------------------


Estou permitindo que a outra parte faça o que ela deseja, mas não é só dele, mas meu próprio desejo também. Eu paro de me importar com as razões e todas as consequências.
O beijo do Phun é temeroso, mas emocional, exatamente como ele está me abraçando. Nós dois deixamos nossos corpos fazerem o que nossos corações desejam. Estamos em um ponto em que não podemos mais deixar nossos sentimentos de lado. Não há como nos parar.
...
...
... [N/T: lemon cortado -_-"]
Eu não tenho certeza de quanto tempo se passou no momento em que abro meus olhos para o quarto escuro. Eu retorno para os meus sentidos novamente. Phun está me abraçando forte enquanto dorme. Phun, esse amigo que tem causado muitos tumultos em minha cabeça nos últimos dias.
Eu consigo ver seu rosto adormecido graças à luz do luar eu está passando. Seus longos cílios estão acariciando suas bochechas, suas pálpebras estão escondendo os olhos que estavam me queimando meramente algumas horas atrás.
Eu posso dizer pela sua respiração estável do seu nariz logo acima de seus lábios coloridos naturalmente que a pessoa que está me segurando está em sono profundo.
Eu olho para seu rosto com emoções misturadas. Mas o sentimento que está mais perto de mim é o medo.
A dor que ainda estou sentindo está me lembrando que o que nós fizemos foi um erro imperdoável. Foi eu quem disse para ignorar todas as razões, parar de pensar sobre o que é certo e o que é errado, e que devemos esquecer o que supostamente deveríamos ser. Mas depois de algumas horas, eu começo a perceber que as coisas que eu disse, simplesmente, não podem ser feitas.
As coisas que estiveram assombrando Phun, agora estão me assombrando como se eu tivesse lido um desses e-mails de corrente. Estou enfrentando a realidade que Phun me disse, a realidade da qual não podemos escapar. Phun e eu somos homens. Nós dois temos namoradas. E o mais importante, nós somos bons amigos e eu não quero destruir a relação que temos entre nós.
Pessoalmente, não sei que tipos de sentimentos eu tenho por Phun. Ele mesmo não sabe que tipo de sentimento que está me dando também. Nem me atrevo a pensar em como isso tudo começou.
Tenho medo que tudo só tenha acontecido em um momento de desejo.
Mas há outra coisa que estou ainda com mais medo.
Estou com medo de que possa ser mais do que desejo. Mais do que um simples apego que temos um pelo outro. Mais do que um erro que cometemos acidentalmente. Estou com medo que isso signifique mais do que todas essas coisas.
Porque se meu coração der aquele passo além da beira, eu não sei como serei capaz de lidar com isso. Sinceramente não sei.
“Oh... Noh? Você não está dormindo?” Felizmente a voz do Phun interrompe a minha linha de pensamento. Ele está bocejando com a boca tão aberta que eu preciso me afastar um pouco já que começo a sentir muito calor.
Mas Phun só meu deu um pedacinho de espaço em seus braços. Parece que ele quer continuar me segurando assim. “Droga, está calor.”
“O quê? Então eu vou aumentar o ar condicionado.” Que espertinho. Ele alcança o controle remoto para ajustar a temperatura para que ele não precise me soltar. Será que ele não pensa no aquecimento global? Eu dou a ele um olhar irritado, mas o quarto provavelmente está muito escuro para ele ver. Phun tenciona os braços e se estica um pouco antes de me puxar de volta para dentro de seu abraço.
“Quer que eu te leve em casa para pegar as coisas que precisa para a escola amanhã cedo?” Ele murmura uma pergunta para mim como alguém que está com preguiça de abrir a boca para falar.
“Claro.”
Há uma mudança em minha voz e ele percebe. “Tem alguma coisa te incomodando?” Ele me pergunta, agora totalmente acordado.
“Hum...”
“O que foi?”
“Você acha que o que fizemos é errado?” Eu não tenho certeza se isso soou como uma pergunta ou uma declaração que estou tentando dizer a mim mesmo. Eu consigo ver uma foto em uma moldura ao lado da cama no quarto mal iluminado. É uma foto de Phun e Aim juntos.
Phun vira a moldura antes de voltar a me abraçar. “Não vamos pensar sobre isso esta noite. Podemos falar disso amanhã, ok?”
“Mas...”
“Sem mais conversas.” Ele me cala usando seus próprios lábios antes de se afastar. “Há apenas nós esta noite.”
Eu fecho meus olhos e aceito seus lábios enquanto abraço seu corpo que está por cima de mim agora pressionando contra o meu. É um sinal me dizendo que estamos prestes a fazer o que fizemos anteriormente mais uma vez.
Digo a mim mesmo que o que aconteceu esta noite ficará nesta noite. E não importa o que irá acontecer amanhã de manhã, não importa para quem Phun e eu voltaremos.
Nós nunca vamos esquecer esta noite.
***
As crianças do ensino fundamental estão jogando basquete e futebol com tanto barulho que eu quase ponho minha cabeça pra fora da janela para gritar com elas (Eu só não fiz isso porque estava com preguiça). Normalmente eu não ficaria tão irritado, mas meu corpo não está se sentindo muito bem e tem distrações barulhentas para piorar.
Eu me deito no sofá do nosso clube enquanto giro um cubo mágico. Isso é culpa daquele idiota do Om. Ele me deu esse cubo para brincar essa tarde. A escola terminou e eu só consegui fazer um lado. É muito cansativo e eu me pergunto como Keng é tão bom nisso. Eu não entendo.
Fico pensando nisso enquanto me sinto entediado. Meu quadril está doendo e eu não sei como resolver esse cubo mágico. Existe alguém lá fora com a vida tão fodida quanto a minha a esse ponto?! [Lena: A vida? ¬ω¬ hehehe]
“Caramba, você parece muito estressado. Você vai ficar brincando com essa coisa o dia todo?” Nem preciso olhar para saber que esse comentário espertinho veio do Per. No entanto, não estou de humor para discutir com ele (estou ocupado aqui), então eu murmuro uma resposta falando para ele não me incomodar.
Eu estava errado ao pensar que este garoto iria me deixar em paz. Ele pega uma guitarra elétrica e fica tocando ela bem na minha frente. “Está tão chato. As baterias do nosso clube estão em condições tão horríveis que ninguém quer tocar. Agora eu não posso nem praticar.”
“E daí?” Será que ele não vê que estou ocupado aqui?
“Quando as novas baterias vão chegar?” Ele é tão persistente! Eu paro de brincar com o cubo e olho no rosto dele. “Estou esperando pelo dinheiro, entendeu agora?”
“Poxa, mas você e o p’Phun ficaram bem próximos esses dias.” Eu nunca pensei que iria ouvir isso desse cara.
“Espere, como você sabe sobre isso?”
“Todo mundo já sabe! Vocês dois são muito próximos. Até suas namoradas são amigas.” Oh, entendo. Achei que eu fosse cair no riso.
“Então o quê?”
“Diga ao p’Phun para nos dar o dinheiro logo então?”
“O quê?! Não é assim tão simples! Você espera que eu vá ao escritório do conselho estudantil e assalte eles com uma arma?!” Eu já teria feito isso se pudesse.
Per pareceu meio chateado com o que eu disse a ele. Eu entendo que ele quer praticar, mas eu não sei como fazer para agilizar esse processo. Eu não acho que atormentar o Phun com isso várias vezes iria fazer bem. Eu continuo a pensar enquanto volto a trabalhar no cubo mágico em minhas mãos.
“Pronto! Phun está te ligando agora!” O quê?! Como ele sabe? Eu pego rapidamente meu celular para verificar. Eu quase jogo o cubo mágico e o celular na cabeça do Per.
“Phun minha bunda. Oi, Yuri.” Eu faço uma cara feia para ele antes de começar a parecer meio sonolento para atender a chamada. Duvido que eu vá conseguir resolver o cubo algum dia, então eu apenas o deixo cair no chão.
“Você ainda está na escola, Noh?”
“Estou na sala do clube. O que foi Yuri?” Yuri geralmente não me liga a essa hora do dia. Se ela quer me chamar para ir a algum lugar, ela normalmente me liga antes da escola acabar para que eu possa liberar minha agenda. Se não saímos, então ela só me liga tarde da noite, antes de dormir.
“Eu estou... Na frente da sua escola. Preciso falar com você sobre algo. Você pode vir aqui por um segundo?” Eu quase pulo do sofá e esqueço a dor que eu ainda estou sentindo quando ouço essas palavras. Há uma menina que está sozinha na frente de uma escola só de garotos! Como é que eu não deveria me preocupar com ela?!
“Espere, estou indo ai. Não saia daí, Yuri.” Eu digo apressadamente a ela antes de desligar e colocar os meus sapatos que estavam perto da porta.
“Sua namorada ligou?” Per me segue parecendo confuso. Dou a ele um aceno com a cabeça antes de dar-lhe um tapinha no ombro. “Tome conta do clube, eu volto daqui a pouco.”
***
Estou meio andando e meio correndo com meus sapatos ainda não calçados corretamente, e estou arrastando meu quadril dolorido até o portão da escola. Yuri está lá esperando por mim. Mas com sua pele clara e seu rosto bonito ela não pode evitar de ser cantada pelos alunos daqui.
Eu não estou com ciúmes, estou mais preocupado com a segurança dela. -_-” Se uma menina bonita como Yuri se perder do rebanho e acabar no meio de um monte de caras jovens? Isso não pode ser bom.
“Por que você não ligou antes e me avisou que você viria? Você não deve fazer algo assim.” Eu levemente a repreendo quando chego. Eu me ofereço para carregar sua bolsa e então saímos das dependências da escola.
“Sinto muito. Eu estava com pressa e fiquei no telefone o tempo todo enquanto vinha para a sua escola.” Isso parece meio estranho, não é?
“Tem alguma coisa acontecendo?”
“Noh... você sabe o que está acontecendo com Phun?” Eu queria poder desaparecer nesse exato segundo.
Os olhos negros e redondos da Yuri olham para mim como se ela estivesse procurando a verdade sobre alguma coisa. Eu não sei o que é que ela está procurando ou porque ela está sendo tão ambígua.
“O que tem ele?”
“*suspira*...” O quê? Por que eu eu recebo um suspiro no lugar de uma resposta dela? -_-” Estou muito confuso com a forma enigmática que esta menina está agindo. Parece que ela quer me dizer alguma coisa, mas não consegue achar as palavras certas.
“Aconteceu alguma coisa?”
“Hum, Noh... você sabe onde o Phun estava ontem à noite?” Estou meio hesitante para responder já que eu sei muito bem o que aconteceu ontem à noite.
“P-por quê?”
“Ugh, eu tentei dizer para Aim não me fazer vir atrás de você por isso. Eu sei que você e Phun são amigos e que você o ajudaria a acobertar o caso. Você não me diria a verdade.” Neste momento estou tão confuso que não sei o que responder.
Yuri deixa de fazer confusão consigo mesma antes de olhar para mim. Ela trava seus olhos com os meus que sou incapaz de evitar.
“Por favor, Noh. Aim está muito estressada com isso.”
Os lábios de Yuri se movem tão lentamente que eu consigo entender cada palavra da frase seguinte.
“Você pode me dizer quem dormiu com Phun na noite passada?”

Parece que fui atingido por um raio quando ouvi essas palavras.
*****

8 Comentários

  1. nem acredito estou assistindo a sessão dois agora mesmo
    muito obrigado a fanart é linda .

    ResponderExcluir
  2. Ansiosa pra chegar na parte onde a love sick Brasil parou.Obrigada pela tradução. Queria deixar a sugestão de você traduzir Sotus eu iria ficar tão feliz não acho essa novela de jeito nenhum

    ResponderExcluir
  3. Kkkkkk nao aguento com quem sera que ele dormiu ontem hein kkk que embaraço e sério tadinho do noh kkkkk!!!

    ResponderExcluir
  4. "lemon cortada " a pessoa que cortou isso não sabe o que é ser uma pessoa de Deus. Como assim?!?!? Não só de lemon vive uma fujoshi mas poxa

    ResponderExcluir
  5. Peraí, eles transaram???????????????? Passada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! Huhauhauhauahuahua

      Não sei se você lembra de como foi essa cena. Quando os dois começaram a se beijar (valendo), a câmera desvia para o aquário em cima do criado-mudo que tem um peixe dourado dentro antes de cortar para a próxima cena. Em um FM de LoveSick, perguntaram para os fãs o que mais eles queriam saber/ver da série e as fãs gritaram "O 'peixe dourado'!!!!!". Aí eles responderam, "Vocês só querem saber do 'peixe dourado'!! Digam outra coisa!" huahauahuahua

      Excluir
  6. Lemon cortado! Como assim?
    Está pessoa que fez só pode ser doida ou sei lá o quê...

    ResponderExcluir